Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net
Home > Noticias > Cerco de Jericó 2018

Cerco de Jericó 2018

ACOLHIDA:
L – Caros irmãos em Cristo, vamos iniciar esta noite de oração invocando a presença do Divino Espírito Santo para que Ele purifique nossas intenções e nos mostre, em nossos corações, as verdadeiras muralhas a serem derrubadas:
T – Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fieis
e acendei neles o fogo do vosso amor.
Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis
com a luz do Espírito Santo,
fazei que apreciemos retamente todas as coisas
segundo o mesmo espírito
e gozemos sempre da Sua consolação.
Por Cristo nosso Senhor, amém.
L – Senhor, eis aqui o Teu Povo, Teu rebanho da Paróquia São José da Lagoa. Viemos nesta jornada, estimulados pelo exemplo de Maria, suplicar que envies sobre nossa Paróquia a unção do Espírito Santo. Que este Espírito da Unidade realize um novo Pentecostes na nossa Igreja e, particularmente, na nossa comunidade.
L – Durante todo este Cerco, queremos rezar pelos nossos paroquianos e suas famílias, para que eles possam procurar pelo verdadeiro e único Deus que é a resposta para todos os seus questionamentos e incertezas, pois sabemos que “quem procura acha e que a porta se abre para aquele que nela bate”.
L – Queremos, também, Senhor, a exemplo da Campanha da Fraternidade deste ano, que acolhamos Seu projeto e sejamos construtores de uma sociedade justa e sem violência, para que, no mundo inteiro, cresça o Vosso reino de liberdade, verdade e paz.
T – Amém.

1º DIA: SOLIDARIEDADE
L – A palavra solidariedade significa muito mais do que atos generosos esporádicos; supõe a criação de uma nova fraternidade que pense em termos de comunidade, que priorize a vida de todos.

LEITURA DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO MATEUS (Mt 25, 31-46)
P – NAQUELE TEMPO, disse Jesus aos seus discípulos: “Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, ele se assentará em seu trono glorioso. Todas as nações da terra serão reunidas diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos, à sua esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei em herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! Pois eu estava com fome, e me destes de comer; estava com sede, e me destes de beber; eu era forasteiro, e me recebestes em casa; estava nu e me vestistes; doente, e cuidastes de mim; na prisão, e fostes visitar-me’. Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede, e te demos de beber? Quando foi que te vimos como forasteiro, e te recebemos em casa, sem roupa, e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?’ Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade, vos digo: todas as vezes que fizestes isso a um destes mais pequenos, que são meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’ Depois, o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. Pois eu estava com fome, e não me destes de comer; com sede, e não me destes de beber; eu era forasteiro, e não me recebestes em casa; nu, e não me vestistes; doente e na prisão, e não fostes visitar-me. E estes responderão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome ou com sede, forasteiro ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’ Então, o Rei lhes responderá:‘ Em verdade, vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses mais pequenos, foi a mim que o deixastes de fazer!’ E estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.
P – Palavra do Senhor.
T – Glória a Vós, Senhor.
L – Quebra as barreiras, Senhor, que nos impedem de trabalhar por esta palavra que, hoje em dia, não é bem aceita: solidariedade.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Quebra as barreiras, Senhor, que nos impedem de dar nossa contribuição para acabar com as injustiças.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Nós te pedimos, Senhor, que nossos governantes se empenhem em estabelecer políticas públicas que favoreçam o aumento da solidariedade entre as pessoas.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Quebra, Senhor, a barreira do egoísmo individual, que se desenvolve socialmente na forma de corrupção ou na formação de organizações criminosas, as quais, minando profundamente a legalidade e a justiça, ferem no coração a dignidade das pessoas.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

2º DIA: DIGNIDADE
L – A dignidade humana é a base da sociedade.

LEITURA DO LIVRO DE JÓ (Jó 29, 11-21)
P – JÓ CONTINUOU A FALAR, DIZENDO: “Quem me ouvia me felicitava, e quem me via dava bom testemunho de mim. Porque eu socorria ao pobre que clamava e ao órfão, que não tinha quem o ajudasse. A bênção do moribundo vinha sobre mim e eu alegrava o coração da viúva. Eu me cobria da justiça e ela me revestia; meu direito era o meu manto e diadema. Eu era os olhos do cego e os pés do coxo; era o pai dos pobres e com cuidado examinava a causa do desconhecido. Eu quebrava o queixo do iníquo e dos seus dentes arrancava a presa. E dizia: No meu pequeno ninho morrerei e como a palmeira multiplicarei meus dias. Minha raiz estendeu-se até as águas e o orvalho permanece nos meus ramos. Minha glória sempre se renovará e meu arco será restaurado em minha mão. Os que me ouviam sentiam-se lisonjeados e calavam-se, atentos ao meu conselho.”
P – Palavra do Senhor.
T – Glória a Vós, Senhor.

L – Quebra, Senhor, as barreiras que impedem que nossa sociedade seja organizada de modo que todos tenham a possibilidade de trabalhar. O trabalho traz dignidade, uma dignidade pessoal.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Pedimos, Senhor, SABEDORIA para termos uma participação na efetivação de políticas públicas que visem a dignidade das pessoas.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Pedimos, Senhor, SABEDORIA para que nossos governantes saibam como enfrentar as dificuldades relacionadas à reforma das instituições da administração da justiça criminal, à ineficiência das instituições, à superpopulação nos presídios, rebeliões, fugas, degradação das condições de internação de jovens em conflito com a lei, pois tudo isso fere a dignidade humana.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

3º DIA: INTOLERÂNCIA
L – A violência cultural, como a intolerância religiosa e o preconceito racial, são pequenas feridas na alma dos nossos irmãos que vão sendo cometidas no nosso dia a dia e vão se inserindo na nossa cultura sem que percebamos.

LEITURA DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO LUCAS (Lc 9, 46-48)
P – NAQUELE TEMPO, surgiu entre os discípulos uma discussão sobre qual deles seria o maior. Sabendo o que estavam pensando, Jesus pegou uma criança, colocou-a perto de si e disse-lhes: “Quem receber em meu nome esta criança, estará recebendo a mim mesmo. E quem me receber, estará recebendo Aquele que me enviou. Pois aquele que entre todos vós for o menor, esse é o maior”.
P – Palavra do Senhor.
T – Glória a Vós, Senhor.

L – Quebra, Senhor, as barreiras que fazem com que nossa sociedade vá se acostumando a essas circunstâncias de violência e se tornando omissa.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Para superar a violência, é necessário superar o preconceito. É necessário perdoar aqueles que nos fazem mal. Não podemos combater com mais intolerância e mais violência.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Pedimos, Senhor, que nos dê forças para vivermos uma cultura do encontro, do respeito, da compreensão e do perdão recíprocos.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Pedimos, Senhor, que nos ajude a caminhar com confiança e fortaleza de ânimo, pelas suas vias.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Quebra as barreiras, Senhor, que nos impede de respeitar a unidade na variedade.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

4º DIA: VIOLÊNCIA
L – Deus pergunta à consciência do homem: “Onde está teu irmão Abel?”. E Caim responde: “Não sei. Acaso sou guarda de meu irmão?”. Sim, somos guardas de nossos irmãos. Ser pessoa significa ser guarda dos outros. Em toda violência fazemos Caim renascer.

LEITURA DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO MATEUS (Mt 26, 47-52)
P – NAQUELE TEMPO, Jesus ainda falava, quando veio Judas, um dos Doze, com uma grande multidão armada de espadas e paus; vinham da parte dos sumos sacerdotes e dos anciãos do povo. O traidor tinha combinado com eles um sinal: “Aquele que eu beijar, é ele: prendei-o!” Judas logo se aproximou de Jesus, dizendo: “Salve, Rabi!” E beijou-o. Jesus lhe disse: “Amigo, para que vieste?” Então os outros avançaram, lançaram as mãos sobre Jesus e o prenderam. Nisso, um dos que estavam com Jesus estendeu a mão, puxou a espada e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha. Jesus, porém, lhe disse: “Guarda a espada na bainha! Pois todos os que usam a espada, pela espada morrerão.”
P – Palavra do Senhor.
T – Glória a Vós, Senhor.

L – Quebra as barreiras, Senhor, que impedem Seu amor de entrar em nossos corações e sermos indiferentes ao sofrimento dos irmãos atingidos por qualquer tipo de violência.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Quebra as barreiras, Senhor, que impedem o diálogo entre as pessoas. O diálogo é caminho para a paz, para o entendimento e a harmonia.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Senhor, pedimos SABEDORIA, para não nos deixarmos guiar pelo egoísmo e pelos nossos interesses. Nossa consciência adormeceu. Continuamos a semear destruição, dor e morte.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Quebra as barreiras, Senhor, da injustiça que provoca a violência e nos impede de esperar um futuro melhor.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Pedimos, Senhor, converta os violentos! Converta aqueles que fabricam e vendem armas! Fortaleça os corações e as mentes daqueles que lutam pela paz.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Senhor, ajudai-nos a perceber que não se enfrenta a violência com mais violência. Ajudai-nos a crer no caminho da paz, mesmo que as cruzes desta vida sejam muito pesadas.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

5º DIA: AMOR
L – Amar a Deus e ao próximo é superar a violência do egoísmo.

LEITURA DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO MATEUS (Mt 22, 34-40)
P – NAQUELE TEMPO, os fariseus ouviram dizer que Jesus tinha feito calar os saduceus. Então se reuniram, e um deles, um doutor da Lei, perguntou-lhe, para experimentá-lo: “Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?” Ele respondeu: “‘Amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todo o teu entendimento!’ Esse é o maior e o primeiro mandamento. Ora, o segundo lhe é semelhante: ‘Amarás teu próximo como a ti mesmo’. Toda a Lei e os Profetas dependem desses dois mandamentos”.
P – Palavra do Senhor.
T – Glória a Vós, Senhor.

L – Quebra as barreiras, Senhor, que impedem que consigamos olhar o próximo como a nós mesmos, o que faz com que tratemos o irmão com diversos tipos de violência.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Senhor, a paz desaparece quando não acolhemos a luz do amor, da comunhão, da fraternidade e da solidariedade.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Quebra as barreiras, Senhor, que impedem de olharmos os irmãos com misericórdia e amor, sobretudo os irmãos que sofrem, que precisam de ajuda, que esperam por uma palavra, um gesto.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Pedimos, Senhor, que nos faça compreender bem essa lei do amor e saibamos como é bom amarmos uns aos outros como verdadeiros irmãos.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – O amor vence a violência quando praticamos e ajudamos a praticar o reconhecimento do pecado, o perdão, a reconciliação, a escuta, a caridade e tantas outras atitudes.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

6º DIA: UNIDADE
L – “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8).

LEITURA DA CARTA DE SÃO PAULO AOS HEBREUS (Hb 13, 1-9ª; 15-16)
IRMÃOS, perseverai no amor fraterno. Não descuideis da hospitalidade; pois, graças a ela, alguns hospedaram anjos, sem o perceber. Lembrai-vos dos presos, como se estivésseis presos com eles, e dos que são maltratados, pois também vós tendes um corpo! O matrimônio seja honrado por todos, e o leito conjugal, sem mancha; pois Deus julgará os libertinos e os adúlteros. Que vossa conduta não seja inspirada pelo amor ao dinheiro. Contentai-vos com o que tendes, porque ele próprio disse: “Eu nunca te deixarei, jamais te abandonarei”. De modo que podemos dizer, com segurança: “O Senhor é meu auxílio, jamais temerei; que poderá fazer-me um ser humano?” Lembrai-vos de vossos dirigentes, que vos pregaram a palavra de Deus: considerando o fim de sua vida, imitai-lhes a fé. Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e sempre. Não vos deixeis extraviar por qualquer espécie de doutrina estranha. (…) Por meio de Jesus, ofereçamos a Deus um perene sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que celebram o seu nome. Não vos esqueçais da prática do bem e da partilha, pois estes são os sacrifícios que agradam a Deus.
P – Palavra do Senhor.
T – Glória a Vós, Senhor.

L – Com a Igreja que está em todo o Brasil, queremos rezar para que a mentalidade das pessoas, dos grupos e de toda a nossa sociedade se transforme, abandonando a violência como critério de conduta e assumindo a paz como regra de vida.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Senhor, que reconheçamos que somos todos filhos do único Pai celeste, fazemos parte de uma mesma família humana e compartilhamos um destino comum. Assim temos responsabilidade de agir, a fim de que o mundo se torne uma comunidade de irmãos que se respeitam, se aceitam na própria diversidade e se cuidem uns aos outros.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Senhor, que através da união de todos, se fortaleçam a solidariedade, o perdão e a reconciliação, superando-se a violência.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

7º DIA: ESPERANÇA
L – “A esperança não decepciona” (Rm 5,5)

SALMO 27 (26)
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – O Senhor é minha luz e minha salvação; de quem terei medo? O Senhor é quem defende a minha vida; a quem temerei?
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – Quando me assaltam os malvados para devorar-me a carne, são eles, os adversários e inimigos, que tropeçam e caem. / Se contra mim acampa um exército, meu coração não teme; se contra mim ferve o combate, mesmo então tenho confiança.
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – Uma só coisa pedi ao Senhor, só isto desejo: poder morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida; poder gozar da suavidade do Senhor e contemplar seu santuário. / Ele me dá abrigo na sua tenda no dia da desgraça. Esconde-me em sua morada, sobre o rochedo me eleva..
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – E agora levanto a cabeça sobre os inimigos que me rodeiam; imolarei na sua casa sacrifícios de louvor, hinos de alegria cantarei ao Senhor. / Ouve, Senhor, a minha voz. Eu clamo, tem piedade de mim! Responde-me!
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – Meu coração se lembra de ti: “Buscai minha face”. Tua face, Senhor, eu busco. / Não me escondas teu rosto, não rejeites com ira o teu servo. És meu auxílio, não me deixes, não me abandones, Deus meu Salvador. / Ainda que pai e mãe me abandonem, o Senhor me acolhe.
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – Mostra-me, Senhor, o teu caminho, guia-me na senda reta por causa dos meus inimigos. / Não me exponhas à fúria dos meus adversários; contra mim se levantaram falsas testemunhas que anseiam por violência.
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.
L – Tenho certeza que vou contemplar a bondade do Senhor na terra dos vivos. / Espera o Senhor, sê forte; tenha ânimo e espera no Senhor.
R: Tenha ânimo e espera no Senhor.

L – Quebra as barreiras, Senhor, que nos impedem de ter esperança. Aqueles que têm esperança acreditam que, em Jesus, podemos mudar muitas realidades difíceis. Ensina-nos a ser o povo da Cruz, o povo da esperança, um povo que tem fé.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Recordando os passos de Jesus, da condenação até a morte e ressurreição, somos convidados a preencher nossos corações de esperança, a fim de não nos deixarmos contaminar pelas garras da violência.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Hoje somos convidados a ter esperança. Esperança no cuidado que Deus tem por nós, esperança em nossos irmãos e esperança de que também nós podemos colaborar por um mundo melhor, uma Igreja mais vibrante e uma sociedade mais justa.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Queremos pedir por nossos irmãos que vivem sem esperança e que estão imersos em profunda tristeza, da qual procuram sair buscando a felicidade no álcool, nas drogas, no poder do dinheiro. Elas acabam por se sentir mais desiludidas e, por vezes manifestam sua raiva contra a vida com comportamentos violentos e indignos do homem.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR
L – Senhor, não deixe que nos roubem a esperança. Ao contrário: nos mostre com semeá-la.
T – QUEBRA AS BARREIRAS, SENHOR

 

ORAÇÕES DE COMBATE ESPIRITUAL
(para serem rezadas durante o Cerco):

– ARMADURA DO CRISTÃO (Ef 6,10-20)
Finalmente, irmãos, fortaleçam-vos no Senhor, pelo seu soberano poder.
Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio, pois não é contra homens de carne e sangue que tendes de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares.
Tomai, portanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever.
Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz.
Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar os dardos inflamados do Maligno.
Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito Santo, isto é, a Palavra de Deus.
Intensificai as vossas invocações e súplicas. Orai em toda circunstância, pelo Espírito, no qual perseverai em intensa vigília de súplica por todos os cristãos.
E orai também por mim, para que me seja dado anunciar corajosamente o mistério do Evangelho do qual sou embaixador, prisioneiro. E que eu saiba apregoá-lo publicamente, e com desassombro, como é meu dever!

 

– ORAÇÃO DO PEQUENO EXORCISMO
Levanta-se Deus, intercedendo a Bem aventurada Virgem Maria, São Miguel Arcanjo e todas as milícias celestes e sejam dispersos seus inimigos e fujam de sua face todos os que odeiam, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!
V: Eis a Cruz do Senhor, fugi potências inimigas.
R: Venceu o Leão da tribo de Judá, a estirpe de Davi.
V: Venha a nós Senhor a Vossa misericórdia.
R: Como esperamos em vós.
V: Senhor, escutai a minha oração.
R: E chegue até vós o meu clamor.

– EXORCISMO DE SÃO BENTO
A Cruz Sagrada seja minha luz,
Não seja o dragão meu guia.
Retira-te Satanás!
Nunca me aconselhes coisas vãs.
É mau o que me ofereces,
Bebe tu mesmo teu veneno!

– PEQUENO EXORCISMO – ORAÇÃO A SÃO MIGUEL
São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e as ciladas do Demônio! “Ordene-lhe Deus”, instantemente o pedimos! E vós, Príncipe da Milícia Celeste, pelo Divino Poder, precipitai no inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

– COURAÇA DE SÃO PATRÍCIO
Cristo, comigo!
Cristo, à minha frente!
Cristo, atrás de mim!
Cristo, em mim!
Cristo, abaixo de mim!
Cristo, sobre mim!
Cristo, à minha direita!
Cristo, à minha esquerda!
Cristo, quando me deito!
Cristo, quando me sento!
Cristo, quando me levanto!
Cristo, no coração de cada pessoa que pensa em mim!
Cristo, na boca de cada pessoa que fala de mim!
Cristo, em todo olho que me vê!
Cristo, em todo ouvido que me ouve!
Amém!

ORAÇÃO DO CERCO DE JERICÓ
(para todos os dias, ao final):
T – Senhor, queremos Te agradecer por este momento que nos destes para estar aos Teus pés. Inspirados por tua Palavra, estamos, com fé, realizando este Cerco de Jericó, na certeza de que, pelo poder da oração, derrubaremos as muralhas que nos impedem de sermos felizes, de vivermos na benção e na prosperidade, de termos saúde e paz.
Que a Tua santidade tome conta deste lugar, que ela contagie o ar que aqui se respira para que ninguém possa por aqui passar, sem por ela ser afetado.
Abençoai os adoradores que aqui estão e as suas famílias para que, impregnados pelo perfume da Tua presença e ungidos pelo Teu Santo Espírito, possamos levar a todos com quem nos encontrarmos ao daqui sairmos, a certeza do amor de um Deus maravilhoso.
Senhor Jesus, tu estás no meio de nós! Proclamamos a tua Santidade, Grandeza, Onipotência, Majestade, Senhorio e Soberania. Não há Deus maior do que o Senhor!
Batiza-nos no Teu Espírito Santo e faz-nos nascer de novo. Sopra sobre nós Este que é capaz de curar, transformar e tirar toda marca de tristeza enraizada em nós. Que Ele penetre fundo, tocando, curando, preenchendo, suavizando e trazendo todo o bem, amor, paz, alegria, entusiasmo, graça e bênção desta vida nova.
Senhor, permita-nos ser felizes, mesmo diante de nossa própria ignorância, superando todas as situações adversas que em alguns momentos surgem na nossa vida.
Encoraja-nos para que, mesmo na dor ou no sofrimento, na luta diária pela nossa  subsistência, nós vivamos com coragem e consciência de nossas limitações, buscando superá-las com Teu Amor Incondicional.
Diante de ti, Jesus, colocamos a nossa pequenez e fraqueza, e pedimos que o Senhor venha em nosso auxílio, com a tua Graça e Misericórdia. Senhor, estamos clamando por milagres!
Jesus, quebra todas as muralhas que impedem a obra de Deus em nossas vidas. Entregamos nossas vidas a ti! Acreditamos em tua vitória em nossas vidas e em nossa família. Que caiam por terra todas as muralhas que dividem, isolam e nos fecham para uma vida abundante.
Com Maria, nossa Mãe, com São José e com os irmãos da Igreja, oramos nestes dias, sabendo que “em tudo somos mais que vencedores”, e, que, com certeza, as muralhas cairão.
Amém.

Leia Também

Padre Omar faz Show Samba de Fé no Oi Casa Grande com renda revertida para projeto social

O reitor do Santuário Cristo Redentor do Corcovado, Padre Omar, faz um novo grande show …

Comente, deixe sua opinião, critica, elogio ou sugestão.